Fred Rocha
2 de dezembro de 2015

Deixa de ser mentiroso o cliente sabe quem você é

Você já observou o quanto tanto as empresas quanto as pessoas físicas estão se auto intitulando? Repare só a infinidade de rótulos como: melhor, maior, primeiro, líder, entre outros títulos que ouvimos com frequência, mas que na verdade não são conquistados.

Quando uma pessoa se rotula como o melhor, o mais bonito, o mais elegante, entre outros adjetivos ela se torna uma pessoa petulante. O que muitas pessoas não se dão conta é que as empresas também são assim. Ao divulgar informações que não são verdadeiras o resultado poderá ser inverso e ao invés de parecer a melhor empresa do mundo o cliente vai começar a desconfiar da história da empresa.

O que você varejista precisa entender é que o cliente não é bobo e não vai acreditar em tudo que você diz de forma gratuita. Nada melhor do que receber elogios sinceros, uma coisa é alguém virar para você e dizer: “como você é bom nisso, ou como sua empresa é a melhor neste segmento”. Esse tipo de reconhecimento é legitimo, são observadores que acompanham seu trabalho e que acreditam no que você faz.

Não é vantagem nenhuma se vangloriar, na verdade você ao fazer isso coloca em cheque sua reputação. Quem disse que você é o melhor ou o maior? Seja humilde e reconheça sua colocação.

É infinitamente melhor você ser reconhecido por seu trabalho bem desenvolvido e eficiente, desde que as pessoas tenham essa percepção, do que “fingir” estar no topo enquanto você não alcançar essa percepção por parte do público.

Pense nisso, vivemos em uma sociedade onde o sentimento de vaidade tem se tornado predominante. Todos querem se promover e aparecer de certa forma. Mas não se precipite e meta os pés pelas mãos! Mas vale uma carreira profissional ou história de uma loja bem sucedida construída ao longo dos anos de forma sólida do que gastar esforço e energia para promover um momento ou fase que não irá se sustentar.

Não minta jamais! Seu cliente ou as pessoas que acompanham você sabem quem você é e o que você faz.

 

Por Fred Rocha

 

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.

Fred Rocha
 
Talvez o aplicativo Uber precise acabar, extinguir, encerrar atividades… para quebrar...
 
Por: Fred Rocha Nicho de mercado pode ser definido como um segmento com características...
 
Por: Fred Rocha   Apesar de serem duas características distintas, acredito...
 
Pretensão minha…. Sorry kotler, Changing times. Para quem tem loja há um...
 
Acabo de completar 40 anos de idade e nada, absolutamente nada...
 
Era uma vez um empresário que acompanhava atento tudo que saía...
 
Em 2010 li o livro de Jim Collins intitulado “Como as...
 
Até poucos anos atrás era possível perceber a diferença em relação...
 
O Natal costuma ser a melhor data para vendas do varejo...
 
Atualmente estamos vivendo um ciclo preocupante. Atendo como consultor várias empresas...
 
A empolgação faz parte de qualquer grande ideia, mas é preciso...
 
Você já observou o quanto tanto as empresas quanto as pessoas...
 
Dia 27 de novembro acontece mais uma edição da Black Friday,...
 
É impressionante como o ser humano tem dificuldades para perceber certas...
 
Que a vida no interior e na capital são bem diferentes...
 
Nós queremos funcionários ou empreendedores dentro das nossas empresas? Analise comigo,...
 
Ontem eu sai para tomar um sorvete com minha família e...
 
Como consultor tenho tido muito contato com empresas de diferentes tamanhos...
 
O varejo é um dos setores mais atingidos pela instabilidade econômica...
 
Inovação: o céu é o limite A palavra inovação está na...
 
“Vender” segundo o dicionário, é o ato de “alienar ou ceder...
 
É impressionante o que um pensamento seja ele positivo ou negativo...
 
As relações hoje são movidas por interesse, profissional ou pessoal. Claro,...
 
Some title Some author
Some excerpt
Talvez o aplicativo Uber precise acabar, extinguir, encerrar atividades… para quebrar...