Fred Rocha
12 de novembro de 2015

08 erros que o varejo deve evitar para conquistar clientes

O varejo é um dos setores mais atingidos pela instabilidade econômica que o Brasil através. De acordo com pesquisa divulgada nesta quarta-feira, 14, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), as vendas no comércio brasileiro caíram 0,9% em agosto, 6,9% em relação ao mesmo período do ano passado. As vendas em 2015 já registram queda de 3% e 1,5% no acumulado dos últimos 12 meses.

Diante deste cenário negativo, os comerciantes devem ficar atentos para conquistar a confiança do consumidor. O especialista em varejo, Fred Rocha, listou 08 principais erros que os lojistas devem evitar para atrair e fidelizar clientes. Para ele, o pior equívoco que o varejista pode cometer é prometer algo que não pode cumprir. “As promessas devem ser levadas a sério. Qualquer expectativa quebrada, seja com falsas promoções ou promessas não cumpridas, afasta o cliente em definitivo”.

Mentir para o cliente – Cliente não é bobo, ele tem o conhecimento e acredite: ele sabe que você esta mentindo, sabe mesmo. Por isso, diga sempre a verdade, se tem, tem, se não tem, diga que não tem. Não exagere com as características dos produtos, seja amigo, se interesse pelo problema do cliente que ele vai ficar seu fã.

Criar falsas promoções – O cliente sabe de tudo, então se a promoção é boa, acredite, ele vai espalhar para todos. Para o cliente, 10% de desconto não vale nada. Promoção só é boa quando é boa para o cliente, não para o lojista. Lojista tem mania de prorrogar promoção quando é boa! Mentira… Quando a promoção é boa de verdade, o produto acaba e encerra antes do prazo, fique atento.

Atender o telefone enquanto atende um cliente – Para mim, é a maior falta de educação do varejo: você esta atendendo alguém e o telefone toca e você deixa o cliente esperando enquanto atende o telefone ou pega o celular para responder mensagens. A maneira mais adequada para lidar com essa situação é atender o telefone, mas pegar os dados da pessoa do outro lado da linha e retornar a ligação após finalizar o atendimento do cliente.

Criar metas irreais para a equipe de vendas – Acredite, isso atrapalha o vendedor com o cliente, faz com que ele force situações comerciais para chegar nestas metas, deixa o cliente acuado. E isso é exatamente o que você não precisa, principalmente em momentos de instabilidade econômica. Desenvolva metas em conjunto com sua equipe e lembre-se sempre: metas são feitas para serem alcançadas, não para sonhar.

Falar mal da concorrência – Quem tem que comparar ou não você  a seu concorrente é o cliente e não você nunca cite o concorrente a não ser se for com respeito e admiração.

Não responder ao cliente nos canais de comunicação da empresa – Não adianta ter SAC, Facebook, Intagram etc, mas não responder às demandas do cliente. Fique atento aos canais de comunicação, responda com presteza e interesse em ajudar seu cliente.

Discutir com o cliente – O cliente sempre tem razão? Não concordo com esta máxima, mas isto não me da direito de bater boca com ele. Você quer ter razão ou vender? Foque no problema do seu cliente e ajude-o a resolvê-lo. Assim todos ficaram felizes.

Esquecer de perguntar ao cliente se gostou, se atendeu – O ideal é que todo lojista dê espaço para seu cliente tecer críticas positivas e negativas do seu produto ou serviço oferecido. Assim, pode trabalhar constantemente para atender cada vez melhor o seu cliente.

Não fazer pós venda – Ao conquistar um novo cliente, é importante colocar-se à disposição dele para compras futuras. Entre em contato através do canal escolhido por ele, pergunte se gostou. Também seja solícito em casos de trocas e resolução de dificuldades que venham a aparecer. Um cliente que tem o seu problema resolvido, volta sempre.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.

Fred Rocha
 
Talvez o aplicativo Uber precise acabar, extinguir, encerrar atividades… para quebrar...
 
Por: Fred Rocha Nicho de mercado pode ser definido como um segmento com características...
 
Por: Fred Rocha   Apesar de serem duas características distintas, acredito...
 
Pretensão minha…. Sorry kotler, Changing times. Para quem tem loja há um...
 
Acabo de completar 40 anos de idade e nada, absolutamente nada...
 
Era uma vez um empresário que acompanhava atento tudo que saía...
 
Em 2010 li o livro de Jim Collins intitulado “Como as...
 
Até poucos anos atrás era possível perceber a diferença em relação...
 
O Natal costuma ser a melhor data para vendas do varejo...
 
Atualmente estamos vivendo um ciclo preocupante. Atendo como consultor várias empresas...
 
A empolgação faz parte de qualquer grande ideia, mas é preciso...
 
Você já observou o quanto tanto as empresas quanto as pessoas...
 
Dia 27 de novembro acontece mais uma edição da Black Friday,...
 
É impressionante como o ser humano tem dificuldades para perceber certas...
 
Que a vida no interior e na capital são bem diferentes...
 
Nós queremos funcionários ou empreendedores dentro das nossas empresas? Analise comigo,...
 
Ontem eu sai para tomar um sorvete com minha família e...
 
Como consultor tenho tido muito contato com empresas de diferentes tamanhos...
 
O varejo é um dos setores mais atingidos pela instabilidade econômica...
 
Inovação: o céu é o limite A palavra inovação está na...
 
“Vender” segundo o dicionário, é o ato de “alienar ou ceder...
 
É impressionante o que um pensamento seja ele positivo ou negativo...
 
As relações hoje são movidas por interesse, profissional ou pessoal. Claro,...
 
Some title Some author
Some excerpt
Talvez o aplicativo Uber precise acabar, extinguir, encerrar atividades… para quebrar...